Viver Depois de um AVC – Parte 4

20 de Abril, 2020 0 Por Planetadosavos

Pensavam que me tinha esquecido da quarta parte da série “Viver Depois um AVC”?! Não. Claro que não. É hoje o dia. 

A quarta parte é dedicada à higiene de um idoso, depois de um AVC é necessário algumas alterações na casa de banho e outros tipos de cuidados. Como sempre damos algumas dicas. 

Higiene: como devemos proceder?

Fonte: Coroa Imperial

 

Sanita

Nada melhor que fixar uma barra, na parede ou no chão, junto à sanita. Com isto, o idoso conseguirá apoiar-se para sentar-se e levantar-se. No entanto, é importante ter em conta que tanto a barra como a sanita deverão ter altura adequada.

Como passar da cadeira de rodas para a sanita?

Se o idoso tiver condições físicas conseguirá fazer sozinho. É importante seguir estas indicações:

– a largura da porta deverá ser indicada para a passagem de uma cadeira de rodas;

– em frente à sanita, a cadeira de rodas é travada e com os pés da cadeira levantados;

– o idoso coloca os pés no chão e com a mão sã agarra-se à barra de apoio, inclinando-se para a frente, levantando-se, vira o pé são e senta-se na sanita.

Fonte: Elos de Ternura

Banho

Muitas pessoas ainda tem banheiras em casa, o que para um idoso o processo de entrar para dentro de uma torna-se muito complicado. Para garantir a sua segurança damos as seguintes dicas:

– uso de duas cadeiras, uma dentro e outra fora da banheira (as alturas das cadeiras devem corresponder à altura da banheira e devem ter calços nos pés);

– colocar um tapete anti derrapante no fundo da banheira, para evitar escorregar;

– instalar barras de apoio nas laterais da banheira;

– dispor de chuveiro com uma mangueira flexível.

Fonte: Depositphotos

Fazer a barba

Para este procedimento de higiene, o idoso poderá fazer sentado sob uma mesa de apoio. Neste caso recomenda-se o uso de uma máquina de barbear, mas caso não seja possível e só tiver condições de usar lâminas poderão, com a mão doente, apoiar o queixo, de forma a ajudar.

Pentear

Usar um pente ou uma escova com um cabo cumprido.

Cortar as unhas

Esta é talvez a maior dificuldade na higiene pessoal. Neste caso o idoso convinha ser auxiliado por um cuidador e/ou familiar.

Viver Depois de um AVC - parte 5 Brevemente