Viver Depois de um AVC – parte 2

17 de Março, 2020 0 Por Planetadosavos

A segunda parte da temática “Viver Depois um AVC” é dedicada ao mobiliário e às adaptações que temos de fazer para um melhor conforto e qualidade de vida no doente. 

Como devemos adaptar? Qual o mais adequado?

Fonte: Biblioteca de Literacia em Saúde

 

 

Cama

A altura ideal é quando a pessoa senta-se confortável e com os pés no chão. A disposição da cama no quarto deve ser de forma a facilitar o acesso do cuidador ao idoso. O colchão deve ser duro e, caso seja necessário, colocar um estrado de madeira. Recomenda-se uma proteção para os pés da cama.

 

Mesas e Cadeiras

Ao lado da cama deve-se colocar uma mesa de cabeceira de forma a facilitar a autonomia do doente. As mesas (para comer, por exemplo) devem ser sólidas, estáveis e com a altura ideal para que a pessoa não exerça pressão nos membros inferiores. Quanto às cadeiras estas devem ser sólidas com encosto e apoio para as mãos e braços.

Fonte: Can Stock Photo
Fonte: Vecteezy

Cadeiras de Rodas

Inicialmente, e durante a aprendizagem da marcha, o idoso poderá beneficiar de uma cadeira de rodas para o ajudar nas suas deslocações, quer em casa, quer na rua. Caso opte pela compra de uma cadeira de rodas, sugerimos as seguintes indicações:

                    – cadeira de rodas dobrável;

                    – travões fáceis de manobrar;

                    – altura do assento adequada, ou seja, sentado os pés devem chegar ao chão;

                    – rodas traseiras largas e rodas dianteiras de pequenas dimensões;

                    – apoio para os braços;

                    – apoio para os pés.

Viver Depois de um AVC - Parte 3 Brevemente