História de Amor: Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro

8 de Junho, 2020 0 Por Planetadosavos
Fonte: Público

Decorria o dia 7 de Outubro de 1940, quando nasceu Ebbe Merete Seidenfaden, na Dinamarca. Ainda em criança mudou-se para a Suécia e foi na adolescência que começou a ser tratada por “Snu”. Com 16 anos rumou até Inglaterra, e o destino juntou-a a Vasco Abecassis, um judeu português. Do conhecimento ao amor foi um passo. Com 18 anos casaram-se, na Suécia.

Em 1962, Snu e Vasco foram viver para Lisboa. Snu torna-se jornalista e editora fundadora da editora “Dom Quixote”. Quanto a Vasco, este fora enviado para a guerra da Guiné. Sozinha, em Lisboa, Snu trabalhava arduamente na sua editora, publicando livros nem sempre bem vistos para o Estado Novo. A vida foi correndo, acreditando-se em tempos felizes para o jovem casal. Juntos tiveram três filhos: Mikaela, Ricardo e Rebeca. Porém, aconteça a separação.

Francisco Manuel Lumbrales de Sá Carneiro nasceu a 19 de Julho de 1934 na cidade do Porto. Filho de um advogado licenciou-se, em 1956, no mesmo ramo pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Entre ser advogado e o seu interesse por política, Sá Carneiro casa-se com Isabel e tem cinco filhos.

Fonte: Wikipédia

Com o novo ano de 1976, Snu e Francisco conhecem-se num almoço organizado por Natália Correia, num restaurante de Lisboa: “A Varanda do Chanceler.” Para Snu e Francisco foi o primeiro dia de um novo início de vida. Nunca mais se largaram. O seu amor foi assombrado por Isabel, que nunca deu o tão desejado divórcio. Mas contra tudo e contra todos, inclusive contra as críticas, Snu e Francisco foram viver juntos. Quando Francisco tornou-se primeiro ministro, Snu tornou-se numa “segunda primeira dama”, uma vez que era Manuela Ene  a principal primeira dama do país, visto que Snu e Francisco não eram legalmente casados. Snu foi a mulher que desafiou o Estado Novo. Juntos, Snu e Francisco viveram uma intensa história de amor durante cinco anos. Nem mesmo a morte os separou. Tragicamente, a 4 de Dezembro de 1980, Snu e Francisco perderam a vida num acidente de aviação, o acidente de Camarate.

Fonte: Diário de Notícias
Fonte: Diário de Notícias
Fonte: SAPO Mag