Dia Mundial do Cinema: propostas de filmes

5 de Novembro, 2020 0 Por Planetadosavos

Hoje é o Dia Mundial do Cinema. O mundo cinematográfico é muito basto. Há para todos os gostos. Hoje deixamos as nossas dicas. 

E se vivessemos todos juntos?

Fonte: Cinemacartaz - Público

Título Original: Et si on vivait tous ensemble?

Realizador: Stéphane Robelin

Género: Comédia

Ano: 2011

Atores: Jane Fonda, 82 Anos

            Pierre Richard, 86 Anos

            Geraldine Chaplin, 76 Anos

            Guy Bedos, 85 Anos (Falecido)

            Claude Rich, 88 Anos (Falecido)

Amigos desde que se lembram, quando ultrapassam os 70 anos de vida decidiram morar todos juntos. E porquê? Porque estão conscientes que a idade não perdoa e os anos não param. Cada vez mais dependentes dos cuidados de terceiros, não querem tornar-se um fardo para os seus filhos. Assim, decidem partilhar casa e dividir as suas tristezas, alegrias e fragilidades numa comunidade para maiores de 70.

Amor

Fonte: AdoroCinema

 Título Original: Amour

Realizador: Michael Haneke

Género: Drama

Ano: 2012

Atores: Jean-Louis Trintignant, 89 Anos

            Emmanuelle Riva, 89 Anos (Falecida)

            Isabelle Huppert, 67 Anos

Anne e Georges vivem em França, mais precisamente em Paris. Ambos são professores de música e apaixonados pelo estilo clássico e um pelo outro. Apesar de já terem mais de 80 anos, vivem uma vida independente e ativa. Até que Anne sofre um acidente cardiovascular e fica com um dos lados do corpo paralisado. É a partir daí que as provas começam. Já dependentes um do outro, vão aprendendo a lidar com o medo e com a consciência que já não tem controlo sobre si próprios. O amor, que sentem um pelo outro, em nada é abalado.

Elsa & Fred

Fonte: Cinemacartaz - Público

Título Original: Elsa and Fred

Realizador: Michael Radford

Género: Comédia/Romance

Ano: 2014

Atores: Shirley MacLaine, 86 Anos

            Christopher Plummer, 90 Anos

Fred, 80 anos, ainda está a recuperar da morte da sua companheira de uma vida. Com o passar do tempo começou a ser “o velho rabugento”. De forma a libertar-se do passado, a sua filha convence-o a deixar a casa, onde estão todas as memórias, e mudar-se para um apartamento mais pequeno. É aí que conhece Elsa, de 70 anos, e é a sua nova vizinha. Com o passar dos tempos, Elsa e Fred apaixonam-se e juntos reencontram uma razão para voltarem a viver. Mas Elsa adoece gravemente. Com a doença de Elsa é urgente cumprir todos os sonhos.

O Amor é uma Coisa Estranha

Fonte: AdoroCinema

Título Original: Love Is Strange

Realizador: Ira Sachs

Género: Drama

Ano: 2014

Atores: Alfred Molina, 67 Anos

            John Lithgow, 75 Anos

Bem e George são homossexuais. Depois de quarenta anos juntos, a partilhar uma vida em comum, a aprovação dos casamentos de pessoas do mesmo sexo deu um novo ânimo às suas vidas. Assim decidem casar. O casamento foi de sonhos, um dos dias mais felizes. Mas Bem é despedido porque os patrões não aprovam o casamento entre homossexuais. Sem dinheiro são obrigados a deixar o seu apartamento em Nova Iorque, e tem de viver sob a generosidade dos amigos. Bem e George tem de suportar a derradeira prova de amor.

Nunca É Tarde Demais

Fonte: SAPO Mag

Título Original: The Bucket List

Realizador: Rob Reiner

Género: Comédia / Drama

Ano: 2007

Atores: Jack Nicholson, 83 Anos

            Morgan Freeman, 83 Anos

Edward é um empresário de sucesso e multimilionário. Carter é um mecânico da classe média operária. Os seus mundos são completamente diferentes. Quer o destino que as suas vidas se cruzem num quarto de hospital, e é a partir daí que descobrem que há algo que os une: o desejo de realizarem todos os sonhos. O tempo escasseia e é urgente realizar todos os sonhos da lista. Juntos, Edward e Carter, embarcam numa viagem para a realização de todos os sonhos.

Philomena

Fonte: AdoroCinema

Título Original: Philomena

Realizador: Stephen Frears

Género: Drama

Ano: 2013

Atores: Judi Dench, 85 Anos

Decorria o ano de 1952 na Irlanda. Philomena engravida no meio de uma sociedade conservadora. Assim é enviada para um convento, onde é obrigada a trabalhar e a dar o seu filho para adoção. Philomena nunca perdeu a esperança de, um dia, voltar a reencontrar o seu filho. Passado 50 anos, Philomena conhece Martin, um ex-correspondente da BBC, que mostra muito interesse pela história de Philomena e lhe propõe escrever um artigo sobre o tema para uma revista. Juntos viajam até aos EUA, onde lhes é revelada a história do filho perdido.